terça-feira, 27 de maio de 2008

Ainda existe classe média?

Tenho sérias dúvidas. Cada vez tenho mais a certeza que caminhamos a passos largos para a extinção desta classe, e para a existência somente de duas, a dos ricos e a dos pobres(cada vez mais pobres).Realmente tanto o governo como o maior partido da oposição, se convencem que os pobres necessitam de apoios constantes, que os ricos têm tudo, desde dinheiro em offshores e por conseguinte longe das tributações do estado,passando pelos seguros de saúde com os melhores médicos...e a vontade de extinção do nosso SNS.De facto o que se passa é que tanto o governo como o PSD,defendem a extinção do SNS com a criação de um serviço de saúde para os pobres, os ricos que façam os seguros que quiserem porque podem e a classe média que tiver que recorrer aos serviços de saúde, terá que pagar os serviços precisos, deixando este de ser tendencialmente gratuito.É a proposta dos candidatos a presidente do PSD,Manuela Ferreira Leite e Pedro Passsos Coelho.
Realmente a classe média é menosprezada, é a que arca com tudo, sem subsidios, sem ajudas, sem hipótese de escapar ao estado e às suas tributações, porque realmente é esta que necessita de circular com o veiculo para ir trabalhar, é a mesma que desconta para tudo e mais alguma coisa, é esta que contribui para o funcionamento do país, é esta que desenvolve trabalho, é esta que contribui em impostos para a educação, para a saúde, para a economia,... e é a que continua a ser maltratada,espezinhada e destruida pela classe politica deste país que vai vivendo às suas custas e continuando a enganar-nos.São os ricos que vão ficando mais ricos com o dinheiro pago nas gasolineiras, nos hipermercados, nos bancos em comissões disto ou daquilo e nós cada vez mais pobres, acabando por entrarmos aos poucos na classe pobre,esvaziando a classe média.Pelo andar das coisas tornar-nos-emos rápidamente num país de Terceiro Mundo na verdadeira acepção da palavra em que os ricos são 10% e os pobres os restantes 90%.

1 comentário:

Gato disse...

Pois é... E a culpa é de quem? Não é só dos governantes de Treta que nós temos. Também é nossa que comemos e calamos como se fossemos cordeirinhos a caminho do matadouro...
Mais uma vez eu digo: ACORDEM! Não se calem e lutem pelos vossos direitos.